PSE - Programa Saúde na Escola

O Programa Saúde na Escola (PSE) é uma política intersetorial entre os Ministérios da Saúde e o da Educação com temas de mobilização nacional com o intuito de alertar a comunidade escolar para a importância das boas condições de saúde no desenvolvimento pleno da criança e do adolescente.

O PSE foi instituído em 2013 no Município de Avaré e a cada ano um novo tema de mobilização é trabalhado nas escolas pelas equipes de saúde e da educação. A intenção é que a partir das ações realizadas através do PSE a promoção e prevenção de agravos à saúde aproximem as equipes de atenção básica e as equipes das escolas, fazendo parte do cotidiano escolar.

Em 2014, os objetivos do Programa foram possibilitar maior visibilidade e reconhecimento de ações planejadas e executadas, além do fortalecimento da integração e articulação entre os setores da Saúde e Educação do Município e fomentar o envolvimento da comunidade escolar e de parcerias locais.

Os temas abordados no primeiro semestre de 2014 foram: Avaliação Antropométrica de Crianças e Adolescentes, Promoção da Segurança Alimentar e Promoção da Alimentação Saudável, Promoção da Cultura da Paz e Direitos Humanos, Saúde Ocular, Promoção e Avaliação da Saúde Bucal e Verificação da Situação Vacinal.

As ações foram realizadas na Rede Municipal de Ensino (Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino de Jovens e Adultos) e nas Escolas Estaduais. As unidades escolares atendidas foram: CEI Profª. Aldagisa Ward de Almeida, CEI Profª. Maria Isabel Domingues Leal; CEI Geraldo Benedete; CEI Carolina Puzziello; CEI Dona Ana Soares de Oliveira; CEI Dona Bidunga; CEI Profª. Maria Lúcia B. Martins Rodrigues; CEI Profª. Olga Girardi de Brito; EMEB Prof. Eruce Paulucci; EMEB Duílio Gambini; EMEB Profª.Norma Lilia Pereira; EMEB Profº. Clarindo Macedo; EMEB Salim Antonio Curiati; EMEB Profª. Elizabeth de Jesus Freitas, EMEB Prof.Ulisses Silvestre, EMEB Prof.Victor Lamparelli; EMEB Profº. Moacyr Parise Correia; EMEB Profª. Maria Nazareth Abs Pimentel; EEEM Profº. Eruce Paulucci; EE Padre Emílio Immos; EE Coronel João Cruz.

Concluídas as atividades, as Secretarias da Saúde e Educação apresentam os seguintes resultados: 2.532 alunos avaliados, entre as crianças de creches, pré-escola, ensino fundamental e Ensino de Jovens e Adultos, avaliadas quanto peso e altura (avaliação antropométrica).

Após triagem, 230 resultados alterados dos quais, 219 com obesidade (8.6%) e 11 desnutridos (0.4%), e encaminhados para avaliação médica nas Unidades de Saúde.

Gráfico - Avaliação Antropométrica

 

Para a verificação da situação vacinal foram avaliadas 2.747 carteiras de vacina, e constatadas 170 vacinas (6.2%) em atraso, mediante verificação, os pais foram orientados a procurar a Unidade de Saúde para a atualização da mesma.

Gráfico - Situação Vacinal

Na avaliação da acuidade visual 1.826 alunos do ensino fundamental e Ensino de Jovens e Adultos fizeram o Teste oftalmológico (Teste de Snellen) dos quais, 398 alunos (21.8%) com testes alterados e encaminhados ao oftalmologista.

Gráfico - Acuidade Visual

Na promoção e avaliações da Saúde Bucal foram atendidos 1.384 alunos, e detectados 4.258 alterações CPOD (Cariados, Perdidos, Obturados e Decíduos), que entrarão em tratamento odontológico.

Tabela - Saúde Bucal

Durante as atividades também foram realizadas palestras para os familiares sobre a Promoção da Cultura da Paz e Direitos Humanos, Orientações Odontológica pelos profissionais da Saúde Bucal, das ações da Educação referente aos temas abordados, foram desenvolvidos atividades pelos professores de sala de aula e professores de Educação Física.